O Brasil perde anualmente mais de 12 bilhões de reais importando potássio

Converse hoje mesmo com
nosso consultor técnico

Precisamos destes dados para te encaminhar
para um especialista na sua cultura.

Perdemos,
anualmente, mais de 12 bilhões de reais importando potássio

O agricultor brasileiro é refém dos russos e canadenses que controlam o mercado.

Dependem do potássio.

Potássio Brasileiro

Produzimos fertilizantes potássicos no Brasil. Conheça o Potássio Brasileiro e junte-se a nós nesta batalha contra os insumos importados.

BAKS® e K Forte® são os produtos que contém em sua composição o Potássio Brasileiro

BAKS® é um fertilizante que pode ser personalizado e fornece potássio, enxofre, boro, silício e manganês.

Escolha a versão ideal para a sua cultura.

K Forte® fornece potássio,
silício, magnésio e
manganês. 

K Forte® fornece potássio, silício, magnésio e
manganês. 

Tecnologia

Investimos 100 milhões de reais em pesquisa e tecnologia para desenvolver nossos produtos e para ajudar a reduzir a dependência da agricultura brasileira dos insumos importados.

Operamos hoje a maior mina de potássio do Brasil com tecnologia sustentável e proprietária, cujo desenvolvimento contou com a participação da Universidade de Cambridge.

Universidade de Cambridge

Já são mais de 5.000 agricultores satisfeitos com o Potássio Brasileiro

Estamos em produção desde 2018, enfrentando os Russos e Canadenses que controlam o mercado. Temos orgulho de termos mais de 5.000 produtores satisfeitos com nossos produtos.

Somos parceiros e juntos estamos enfrentando os grupos que controlam o mercado há muitas décadas. Juntos, retomaremos o controle.

Quais as vantagens do Potássio Brasileiro em relação ao Cloreto de Potássio importado?

O Potássio Brasileiro:

1 – TEDROW JOHN. Greensand and Greensand Soils of New Jersey: A Review.    Rutgers NJAES Cooperative Extension, 2003.  Leia mais
2 – Hermary, H. Effects of some synthetic fertilizers on the ecosystem. 2007. 2 – (FAO) Food and Agriculture Organization. 2020. State of knowledge of soil biodiversity
3 – GEILFUS, C. M. 2018. Chloride: from Nutrient to Toxicant. Plant and Cell Physiology, 59(5), 877–886.
4- “Pesquisa do Dr. Felipe Santinato e do Dr. Fernando Dini Andreote aponta tecnologia que aumenta a quantidade de microrganismos benéficos no solo” Blog Verde.ag. 28 de outubro de 2020.
5- Sci, J. E., C. Change, M. Ma, D. Oh, and E. Ng. 2019. Import of Potash Fertilizer in Egypt by Using Glauconite Deposits as an Indigenous Alternative Source of Potassium. 10(2):2–5.

Travamos uma luta de Davi
contra Golias no mercado
de potássio

Conheça o que a Verde tem feito para ajudar os agricultores a retomarem o controle. 

Quem somos?
Somos a Verde Agritech

Somos uma empresa de tecnologia agrícola que produz fertilizantes. Nosso propósito é melhorar a saúde de todas as pessoas e a do planeta. Por isso, em parceria com a natureza, fazemos a agricultura mais saudável, produtiva e rentável.

Alysson Paolinelli
Diretor da Verde

Vamos conversar?